Hoje é como si eu fosse uma casinha na beira da praia, e de repente veio uma onda assustadora que me abateu, a casa continua de pé, mas os moveis e objetos, estão todos espalhados, alguns foram quebrados e mesmo que conseguisse uma cola para reconstruí-los, sempre iriam faltar alguns pedaços, o que os leva a serem imperfeitos e sempre que eu os olhasse faltando uma parte, me recordariam da onda que veio e destruiu o que tinha dentro de mim. A onda ou tempestade sempre vem, e depois de um tempo vão embora, bom é que Deus coloca na nossa vida  pessoas que depois nos ajudam a recolher todos os cacos e arruma toda bagunça. E os objetos que si perderam? a gente tenta substituir por outro, mesmo assim nada é comparável ao original, mas pelo menos a gente olha e não sente remorso e a saudade é bem menor. 

Arquivo do blog

Feliz do homem que tem sua inspiração, pois a vida é tão bonita quando si vive pra alguém. Tecnologia do Blogger.

Quem tem história também