Decidir sair de casa para morar sozinha, é uma decisão e tanto, ao mesmo tempo que traz experiências maravilhosas e uma sensação de liberdade incrível, também traz junto na mala aquele ''friozinho na barriga'' e aquele medo de não dar certo, se perder e se enrolar na vida. Decidi ir morar sozinha aos meus 19 anos de idade, estava no primeiro semestre da Universidade e com um ótimo emprego, então porque não ir se aventurar um pouco? Foi algo pouco planejado, mas estava com cara de que tudo iria dar muito certo. Já fazem sete meses que ando vivendo essa aventura, e durante esse tempo aprendi algumas coisas tanto boas quanto ruins, como:

Planejamento é ESSENCIALQuando se mora sozinho(a), não existe essa de deixa a vida te levar, se você continuar pensando assim em pouco tempo seu nome vai ser levado sim, pelas empresas ao SPC e SERASA, planejar seus gastos com a casa é fundamental, colocar tudo no papel, o que você precisa pagar no mês e principalmente as datas até quando pode ser pago. Eu não gosto de pegar as filas em lotéricas e muito menos em banco para pagar contas, então uso o app do meu banco para realizar pagamentos, é bem mais simples e prático, você faz tudo sem sair de casa. 


Custa CARO R$: Além disso, você descobre que manter uma casa custa bem caro, então pode começar a praticar economia, cortar gastos e aquela pizza no final de semana nem sempre é possível. Por isso o PLANEJAMENTO, é muito importante. Você tem uma renda mensal e é dentro dela que devem se encaixar suas dividas, nem pensar em comprar mais do que você pode pagar. Contas atrasadas e Juros é um pesadelo na vida de qualquer pessoa, então tente se controlar mais.




Solidão: Sempre fui muito quieta em casa, quando chegava da escola, trabalho ou qualquer outro lugar, eu me enfiava dentro do meu quarto e esquecia do mundo. Mas hoje a casa toda é vazia então a solidão está em todos os cantos, é ai que sinto ainda mais a saudade dos meus pais, apesar de que na solidão você pode aprender a se conhecer um pouco mais, pode ser mais profunda nos seus medos e começar a si desafiar a aprender a ser feliz com você mesma, mas por outro lado desejar que tenha alguém do seu lado quando você quiser conversar ou sei lá, só uma troca de olhares não é nada ruim. Porém, com o tempo acabamos aprendendo a nos suportar sozinhos, e acostumamos a isso, afinal de contas isso foi uma decisão sua, e não tem como tirar isso do pacote. 





A saudade ás vezes é forte ao ponto de fazer você desejar desistir de tudo: Sempre fui muito colada na minha mãe, então isso foi a coisa mais difícil para mim, acordar todos os dias e não ver ela comigo. E diversas vezes isso foi o que me deixou mais triste, a saudade de tê-la comigo, ou de quando eu adormecia no sofá vendo filmes e ela vinha me acordar e levar para meu quarto, ou de como ela brigava para que eu comesse salada ou terminasse minha refeição para depois mexer no celular, coisas pequenas no dia-a-dia da gente faz falta, e damos o valor quando elas já não existem mais pra gente. 




Aprenda a ser mais saudável ou você virará uma Bola: Nunca fui de comer salada, beber muita água ou todas aquelas coisas que os médicos nos aconselham a fazer para sermos mais saudáveis, mas quando passei a morar sozinha depois de alguns meses percebi que isso é importante, não dá pra viver de pizza, fast foods, biscoito e bolo de padaria, isso faz um mal danado além de fazer com que você engorde horrores. Quando morava com meus pais minha alimentação era mais balanceada, depois morando sozinha me afundei um pouco mais em besteiras, e o resultado disso foi que atingi meu maior peso nesses 20 anos que sou gente. Mas como todo mundo fala, o importante é você conseguir ver seu erro e mudar, hoje tenho uma alimentação um pouco mais saudável, não como mais tantas besteiras, bebo muita água, não como depois das 20 hrs, e faço exercícios em casa, sigo alguns IG que ajudam bastante, e aos poucos vou sentindo a diferença, perca de peso e uma disposição bem melhor para tudo!


Aprenda a Cozinha e fazer as coisas em casaSempre fui muito preguiçosa para fazer coisas em casa, lavar louça e roupa, passar, varrer a casa e cozinhar... Mas tive de aprender a fazer tudo isso, arrumo casa, lavo e passo roupa, e o mais legal APRENDI A COZINHAR. Nunca imaginei que fosse tão bom, encaro como terapia, me relaxa bastante. Não sei receitas de cabeça, mas tem vários sites bem legais que ensinam direitinho como se faz e de vez em quando sempre me arrisco a inventar coisas novas, confesso que nem sempre dá muito certo, mas o legal é isso você ir se testando e descobrindo coisas que você nunca se imaginou fazer. 








Arquivo do blog

Feliz do homem que tem sua inspiração, pois a vida é tão bonita quando si vive pra alguém. Tecnologia do Blogger.

Quem tem história também